domingo, 19 de julho de 2009

Don't run away.

Minha mente grita para eu correr, mover-me, sair deste maldito lugar, mas meus pés não obedecem, continuam presos ao chão e, ao meu coração; imóveis. As batidas aceleram, os gritos aumentam, as coisas giram. Eu já não sei mais o quê fazer… Se devo ir, se devo ficar, correr ou simplesmente continuar imóvel. Eu não sei; nunca soube.
Devo fugir de mim mesma e suprir minhas necessidades em você? Não! Eu não quero. Quero me dar por inteira; completa. Da mesma forma que eu espero que você se dê. Se você o fizer, e você o fará. Eu sei. Eu sinto.
Meus pés continuaram sem atender aos comandos de minha mente. Eles não correram, eles voaram. Voaram ao meu encontro. Fugi para dentro de mim mesma. Fugi para estar completa. Fugi, sem ter fugido… Fugi tendo coragem para me encontrar.

1 comentários:

N. Mylonas disse...

Ola...
Primeira vez que passei por aqui. E quer saber ? Gostei..
O texto é mt bom .
Qd quiser, passa la em casa.
beiiijos =)

Postar um comentário

:)

  © Blog Design by Simply Fabulous Blogger Templates

Back to TOP